quinta-feira, 16 de setembro de 2010

9 coisas sobre mim


Eu sei, eu sei, todo mundo já fez esse meme. Eu sei também que essas coisas geralmente a gente recebe por indicação de outros blogueiros né, tipo corrente. Mas deixa eu ser feliz e responder coisas toscas sobre a minha pessoa? Obrigada. Hahaha

Então, não sei ser criativa e pensar coisas bizarras que sobre mim. Mas vá lá, 9 coisas que talvez possam interessar/ser engraçadas/fazer você nunca mais querer visitar esse blog de novo:

1- Eu não sou uma menina fofa
Todo mundo tem aquela amiga fofa, delicada, pequenininha, que fala de um jeito bonitinho, que todo mundo gosta de ter por perto e os meninos são apaixonados, né? Então, eu não sou ela. Eu não tenho uma cara simpática, não sou mignon e falo de um jeito, hm, como dizer, despojado vai. Hahah, adoro fazer piadinhas infames e não sou meiguinha. Não conquisto amizades logo de cara, muito menos atraio homens. Pensando assim, parece que minha vida é um terror, né. Mas não, a gente se acostuma. E vou te contar, às vezes eu até gosto de ser assim, diferente :P

2- Eu sou diferente com pessoas diferentes
Isso provavelmente vai soar bem mal. Mas é, eu não sei ser eu mesma com todo mundo. Tem gente com quem eu me solto super fácil, viro melhor amiga de infância, sou "eu mesma" ao máximo. Mas tem gente com quem simplesmente não rola. "Eu mesma" fico presa, não desenvolve, não tenho assunto, só consigo soltar sorrisos amarelos. Aí o resultado é que tem gente que vai dizer que eu sou super extrovertida, engraçada, e tem gente que vai dizer que eu sou super chata e estranha. Enfim, isso não deve ser muito bom, né. Mas eu não sei ser de outro jeito. Então, se eu converso e sou articulada com você, parabéns, eu gostei de você! Se você achar que eu sou muda…é, não rolou :S

3- Eu canto e danço em frente ao espelho
É, eu sei que muita gente faz isso naquela vibe "o que você faz quando ninguém te vê fazendo". Mas eu faço isso num outro nível. De gente passando na rua tocar a campainha de casa e falar que eu canto bem (NOT). De vizinho reclamar da música muito alta. E eu realmente me divirto com isso. Me imagino num show, ou num karaokê, ou cantando para pessoas conhecidas (e humilhando, claro). O fato é que meu sonho impossível é mesmo ser cantora e atriz de musical. Como não rolou, sou uma celebridade de banheiro mesmo ;P

4- Eu odeio filmes de terror
Nada contra quem gosta. Mas veja bem, dá pra contar nos dedos os filmes de terror que são realmente bons. Mesmo assim, pra mim filme de terror é mais (muito mais) pra dar risada do que pra assustar mesmo. E só de pensar no dinheiro gasto em locadora pra ver filmes de terror horríveis com os amigos (sim, porque sozinha eu não assisto jamais)…dava pra comprar várias casquinhas no McDonalds :P

5- Eu sou absolutamente péssima em qualquer tipo de esporte
Você pode achar que eu tô exagerando, mas juro, é a mais pura verdade. Meu professor de educação física dizia que eu parecia uma árvore nos jogos (sim, guardo mágoas dessa época, haha). Eu realmente acho que tenho um QI mais baixo em inteligência espacial, porque eu não só não presto pra esportes como eu também não presto pra nenhum jogo de video game, não sei correr e aprendi a nadar tipo uns 2 anos depois que as outras crianças na escola. Ou seja, se um dia eu for obrigada a entrar no seu time em algum jogo, saiba que eu tenho medo da bola sim e não vou me esforçar pra ganhar. E eu sou café com leite. Sempre.

6- Eu já participei da revista Capricho
Para quem não sabe, a Capricho tem um programa que seleciona umas 30 meninas pra ajudar na revista, participar das reportagens e coisa e tal (a Galera Capricho). Eu fui uma dessas meninas de julho de 2008 a julho de 2009, haha. Em minha defesa, era uma época em que os colírios nem eram nada na vida e banda Cine mal existia. Então, se você tem alguma edição da revista desse período, é possível que você me encontre dando conselhos a leitoras, falando sobre o meu trote na faculdade (com direito a foto toda suja de tinta), ensinando a usar cílios postiços ou num editorial vestida de boxeadora e falando sobre a minha experiência (sofrível, obviamente) numa aula de boxe, hahahaha.

7- Eu tenho superstições e TOCs estranhos
Eu sou daquelas que se foi bem numa prova porque tava usando tal brinco, usa o mesmo brinco em todas as provas ( e realmente acho que isso faz alguma diferença no fato de eu ter passado no vestibular, por exemplo). E sobre os tocs, bom, além daquele de pisar só nos quadrados brancos, eu tenho umas regrinhas cotidianas idiotas. Exemplo: eu pego metrô todos os dias na etação Brigadeiro no mesmo lugar, em frente à máquina de livros, porque aí eu já desço em frente à escada que leva à plataforma de cima, onde eu pego o metrô pra Sé. Nessa plataforma eu sempre pego na mesma porta porque também sai em frente à escada da Sé que dá no sentido Zona Leste, onde eu moro. E não gosto de ter essa logística desmontada, hahaha.

8- Eu tenho um sentimento de nostalgia além do normal
Sério, sabe aquela vontade que as pessoas normais têm de ter vivido numa época diferente? Então, eu também tenho. O fator não muito normal é que eu gostaria de ter vivido em TODAS as épocas. Tenho todos aqueles almanaques anos 70, 80, 90 (o meu preferido atualmente), AMO ver filmes e programas de tv antigos e observar como as pessoas eram/agiam/se vestiam e uma das minhas maiores diversões é ler revistas velhas. Aliás, já cheguei a comprar, pagar mais do que o preço original, por revistas velhas em sebos. Eu disse que não era normal :S

9- Eu gosto de ver programas ruins na TV
Quando eu era criança, minha mãe gostava de assistir Programa do Ratinho pra rir com os barracos do povo que ia lá fazer exame de DNA. Aí, já viu né. Herdei esse gosto televisivo tão bonito de mamãe. Hoje eu sempre paro no SBT quando tá passando Casos de Família, adoro ver aquele estilista que vai no Mulheres desenhar vestidos breguíssimos de casamento e de festas de 15 anos e não consigo tirar do Programa da Márcia até descobrir "qual é o segredo de Joyce" ou algum drama desse tipo. E não perco o telejornal menos fútil [ironia] e mais que-ri-do que existe: E! News ;D

Então é isso. Como você viu, eu sou uma pessoa estranha. Mas né, quem não é? Hahaha, me conta suas bizarrices também, comentário por favor!! haha ;P

4 comentários:

  1. Te sigo no twitter, apesar de você não me responder (@m4hmatias). Me identifiquei com muita coisa, mas principalmente com a parte do metrô. Faço o mesmo aqui no RJ ;)
    beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Acho que todos temos o TOC do metrô/trem. Reflexo dessa cultura que nos faz tentar economizar tempo em tudo. E também um pouco de preguiça de andar mais, né?

    ResponderExcluir
  3. kKKKKKKKKKKKK ri muito.. nossa, tirando o esquema do metrô e da capricho(embora eu fosse fã) nós somos quase que almas gêmeas.. E pra confirmar vim parar no seu blog por causa do vestidinho perfa de Darting dancing.. e assim como vc eu quero um desde que vi o filme e axo que vou fazer um pra mim..
    muito bom seu blog.. Parabens

    ResponderExcluir
  4. adorei o blog! me identifiquei em vários posts. também tenho esse mesmo sentimento de nostalgia. queria poder ter a possibilidade deviver em todas as épocas. soa estranho sentir falta de algo que não vivemos, mas só sei que sinto isso também. :)
    parabéns!

    ResponderExcluir