sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Super Guia Clueless sobre o Oscar 2011 - Parte V

.
8. Curiosidades e Fatos Inusitados

Sim, porque nenhum guia do Oscar que se preze deve deixar de falar os podres dos filmes! ;P

- Natalie Portman deslocou uma costela durante as gravações de Cisne Negro. O orçamento era tão baixo que um produtor disse a ela que não havia verba para chamar um médico. Ela disse que, se fosse preciso cortar alguma coisa do orçamento, que cortassem o trailer, os camarins, mas não assistência médica. No outro dia, o trailer não estava mais lá.

- Blake Lively fez teste para o papel de Lily em Cisne Negro. Darren Aronofsky, o diretor, ofereceu o papel a Mila Kunis por skype, sem teste.

- Melissa Leo não queria fazer o papel dos irmãos boxeadores por se achar muito nova para o papel. Mark Walberg é 11 anos mais novo que ela, e Christian Bale, 14. Wahlberg não ganhou salário nenhum por esse filme, produzido por ele mesmo. Bale ganhou U$250.000 pela atuação.

- James Franco estava em negociações para o papel de Arthur, em Inception, que acabou ficando com Joseph Gordon Levitt. Evan Rachel Wood era a primeira opção do diretor Christopher Nolan para o papel de Ariadne, mas, depois de também considerar Emily Blunt, Rachel McAdams e Emma Roberts, a personagem ficou com Ellen Page.

- Inception é um filme que deu o que falar e gerou várias teorias conspiratórias. Para engrossar a lista, mais duas curiosidades propositais (ou não): a duração do filme, 2:28h, é a mesma da música de Edith Piaf que toca no filme para os personagens acordarem (2:28 min). E a primeira letra dos nomes dos personagens principais - Dom, Robert, Eames, Arthur/Ariadne, Mal, Sato - formam a palavra Dreams.

- A produção de O Discurso do Rei precisava de algum ator ou atriz de peso para que o filme pudesse ser feito. Para isso, eles tiveram a atitude bem incomum de achar alguém que morava perto de Geoffrey Rush para colocar o roteio dentro da caixa de correio dele, junto com uma nota que pedia desculpas, mas explicava que eles estavam desesperados para ter ele no filme, e precisavam que o roteito chegasse às mãos dele o mais rápido possível. Rush leu o roteiro e aceitou fazer o filme.

- As gravações de O Discurso do Rei foram agendadas seguindo os horários de Helena Bonham Carter, que também estava gravando Harry Potter e as Relíquias da Morte Partes 1 e 2.

- Jesse Eisenberg e Andrew Garfield se tornaram amigos durante as filmagens. Eisenberg disse, inclusive, que fazer as cenas dramáticas de rivalidade e brigas entre os dois foi difícil, porque ele já tinha se afeiçoado a Garfield emocionalmente. (Nota da editora: own!)

A cena do início do filme, do término entre Mark e Erica, correspondia a 8 páginas do script e foi gravada em 99 takes (!).

9. As Melhores Canções Originais

Como uma boa apreciadora de trilhas sonoras, cheguei à conclusão de que as melhores músicas originais são aquelas que a gente ouve e lembra instantaneamente do filme, ou que, mesmo aaanos luz após ganharem o Oscar, ainda tocam muito por aí, e muita gente nem desconfia que foram feitas especialmente para tocar em um filme. Olha só algumas delas:

Over the Rainbow, O Mágico de Oz (Oscar 1940)


Moon River, Bonequinha de Luxo (Oscar 1962)


The Way We Were, Nosso Amor de Ontem (Oscar 1974)


What a Feeling, Flashdance (Oscar 1984)


Can You Feel the Love Tonight, Rei Leão (Oscar 1995)


Jai Ho, Quem Quer Ser Um Milionário? (Oscar 2009)


Também já ganharam como melhor música original: I've had The Time of My Life (Dirty dancing, 1988), A Whole New World (Alladin, 1993), My Heart Will Go On (Titanic, 1999) e todas essas outras.


10. Minhas Apostas

Claro que eu não poderia terminar a série de posts sobre o Oscar sem meter o bedelho e dar minhas humildes opiniões sobre quem acho que deve ganhar os prêmios principais. Vamos lá então:

Melhor Filme:
Inception
A Rede Social
Toy Story 3
Bravura Indômita
Inverno da Alma
Minhas Mães e Meu Pai
O Discurso do Rei
Cisne Negro
127 Horas
O Vencedor
Minha Aposta: Eu apostaria que ou O Discurso do Rei, ou Cisne Negro ou A Rede Social ganham esta bagaça. E vou achar merecido se qualquer um dos três for mesmo o grande vencedor. Mas minha preferência pessoal é, sem dúvida, pro filme do Facebook. Ok, você pode argumentar que ele é um tanto supervalorizado, que a história de O Discurso do Rei é muito mais bonita, que Cisne Negro é completamente inovador e perturbador, e eu super concordarei. Mas acho que A Rede Social deve ganhar por um simples motivo: é o filme do ano. Desse ano, dessa época que a gente vive, representante dessa geração contemporânea. Li uma frase de um crítico de cinema que descrevia A Rede Social como "um filme com ritmo perfeito, um filme oportuno que, daqui a muitos anos, será usado como referência para definir essa época da cultura pop". E é bem isso mesmo. Os outros filmes podiam estar aí em qualquer ano, sendo esquecidos daqui a pouco. A Rede Social vai um pouquinho além. E essa frase aí em cima define exatamente a razão da minha torcida :)

Melhor diretor:
David Fincher (A Rede Social)
Tom Hooper (O Discurso do Rei)
Darren Aronofsky (Cisne Negro)
David O'Russel (O Vencedor)
Joel e Ethan Coen (Bravura Indômita)
Minha aposta: só queria dizer que ainda não me conformo em não ver o diretor de Inception nessa lista aí. Mas enfim, David Fincher deve ganhar. Darren Aronofsky seria merecedor da estatuetazinha também.

Melhor ator:
James Franco (127 Horas)
Javier Bardem (Biutiful)
Jesse Eisenberg (A Rede Social)
Colin Firth (O Discurso do Rei)
Jeff Bridges (Bravura Indômita)
Minha aposta: Apesar de eu achar que Jesse Eisenberg fez um ótimo trabalho e do James Franco ser esse LINDO que ele é, hahah, não tem como tirar o prêmio do Colin Firth. Não tem. Já disse por aí e vou repetir, se ele não levar esse Oscar, parem o mundo que eu quero descer.

Melhor atriz:
Annette Benning (Minhas Mães e Meu Pai)
Nicole Kidman (Reencontrando a Felicidade)
Jennifer Lawrence (Inverno da Alma)
Michelle Williams (Blue Valentine)
Natalie Portman (Cisne Negro)
Minha aposta: Natalie Portman, porque eu, assim, como o resto do mundo, simplesmente não enxergo a possibilidade de esse Oscar não ser dela. Próximo!

Melhor Ator Coadjuvante
Christian Bale (O Vencedor)
Mark Ruffalo (Minhas Mães e Meu Pai)
Geoffrey Rush (O Discurso do Rei)
John Hawkes (Inverno da Alma)
Jeremy Renner (Atração Perigosa)
Minha Aposta: Geoffrey Rush tá muuuuito bem no papel dele em O Discurso do Rei, muito mesmo. Mas não tem muito como competir com o Christian Bale em O Vencedor. Tem como dar empate aí e dar metade da estatueta pra cada um, não?

Melhor Atriz Coadjuvante:
Melissa Leo (O Vencedor)
Amy Adams (O Vencedor)
Hailee Steinfield (Bravura Indômita)
Helena Bonham Carter (O Discurso do Rei)
Jacki Weaver (Animal Kingdom)
Minha Aposta: Essa eu vou contra todas as outras apostas e resultados de outros prêmios. Minha favorita é Amy Adams, que faz uma personagem super forte em O Vencedor. Tem uma cena dela com o Christian Bale, em que os dois pontuam frases com palavrões (sério, não tô exagerando) que valeria o prêmio por si só. Mas também acho que a menininha de Bravura Indômita foi suuper bem, seria fofo se ela ganhasse :)

Se você quiser brincar de apostar também e saber um pouco mais sobre os indicados, recomendo o site especial da EW só pra isso ;)



Chega ao fim então essa semana de postagens só sobre essa premiação tão querida que é o Oscar! E você, tá torcendo pra algum filme/ator/diretor? Vai ficar acordado até as 3h e fazer o zumbi na segunda-feira? Vai querer comentar os vencedores até o Carnaval? Hahaha, seja como for, domingo estaremos aí, cobertura completa. Ou seja: estarei no twitter floodando muito, como sempre, hehe. Bom Oscar pra você também :D:D:D

Um comentário:

  1. Judy Garland me deixou boquiaberta em O Mágico de Oz e Bonequinha de Luxo e fofo demais! Eu também fiz um especial do Oscar no meu blog! Quando puder passa lá...
    =1

    ResponderExcluir