quarta-feira, 30 de março de 2011

Melhores Amigos Gays da ficção

.
Então que a grande vencedora deste programa alto nível que é o BBB foi a Maria! Vou confessar que amo BBB, sempre fui dessas que não compra o payperview, mas logo que acaba o programa, corre pro Multishow pra ver mais 15 minutinhos, hahaha #pobre. Mas acho que o BBB desse ano foi, de todos, o que eu menos assisti. Não sei se por falta de tempo ou por desinteresse mesmo.

O fato é que eu não tava torcendo muito pra ninguém. Mas, ao ver todas as montagens da edição, e ver como Maria era era engraçada, divertida e sempre proporcionava o entretenimento da galere por causa de seus rolos amorosos e, principalmente, quando tava com falando besteira com o Daniel, vi que ela só se tornou essa personagem protagonista do programa por causa do amigo gay do sotaque carregado, das frases sem noção e dos baphões etílicos nas festas, hahaha.

Daí parei pra pensar em quais outros amigos gays da ficção a gente gostaria que existissem de verdade, em nossas vidas. Selecionei sete deles, olha só:


Kurt (Chris Colfer), de Glee, deve ser o amigo gay mais popular da atualidade. Vai ver é porque ele é quase mais mulher que eu, e tem um gosto pra moda sensacional. Vai ver porque ele tem essa carinha de baby e sensibilizou a todos com o bullying que sofria no colégio. Vai ver é porque ele tem uma voz incrível, e sabe muito bem fazer a diva quando é necessário. Mas vai ver também é porque ele tem aquele amigo (colorido) gay ainda maaais lindo. Muito amor, gente.



A Razão do meu Afeto é um filme um pouco antiguinho (1996), que pouca gente conhece, mas, como é protagonizado por dois dos meus atores preferidos (Paul Rudd e Jennifer Aniston), claro que eu tive que assistir. E me surpreendi. É um draminha super bem construído sobre duas pessoas que começam uma amizade meio do nada, e logo já estão morando juntos. Ele é gay, e ela tem um namorado meio nada a ver. Mas, quando ela fica grávida desse namorado, quer que ele assuma a criança, mas ele meio que arruma um namorado, enfim. Os sentimentos vão se confundindo, e tem uma hora que você já não sabe mais pra qual relacionamento torcer. Um filme super realista, super fofo; e o amigo gay é um dos mais legais ever :)



Em Easy A, a protagonista Olive (Emma Stone) é quem faz mais o papel de amigona meesmo do Brandon (Dan Byrd). Ele é aquele típico amigo gay enrustido, com medo de sair do armário. E ele pede uma ajudinha dela pra permanecer ainda mais no anonimato gay! Quando os dois fingem que transam da festa de uma menina do colégio, ele ganha a fama de machão, e ela ganha a fama de galinha que a acompanha pelo resto do filme. Tá, este provavelmente não é o melhor exemplo de amigo gay do mundo. Mas é uma dica pra quem tem um amigo assim. Dê o estímulo e o apoio pra que ele se assuma. Acredite, fica muito mais divertido ;)



Cady Heron (Lindsay Lohan) é a cara da ganância, hein? Não satisfeita em ter um amigo gay, ela tem também uma amiga lésbica (pelo menos até a página 2)! Hahah, o que, vamos combinar, é super necessário pra uma menina que tinha passado a infância e adolescência na selva africana, né? Afinal, quem melhor pra ensinar sobre as agruras da vida (e ensinar que Ashton Kutcher não é uma banda) do que um amigo que sofre com as Meninas Malvadas da escola e que canta Christina Aguileraa no show de talentos?? Damian (Daniel Frazese) é um amigo gay que, sem dúvidas, fez jus à esse que é um dos melhores filmes adolescentes da história.



Awwwn, o amigo gay mais querido de todoos! Stanford Blatch (Willie Garson), de Sex and the City, é bem do tipo companheiro de todas as horas. Estava lá quando a Carrie queria discutir sobre algum relacionamento ou mesmo quando ela foi deixada no altar. E ela também sempre esteve do lado dele, seja na buatchy gay ou na festa de formatura de mentirinha, só com gays e travestis. Tudo bem que a Carrie já tem 3 amigas lindas e super diferentes, e teoricamente não precisa de mais nada. Mas ela é a prova de que um amigo gay sempre tem a acrescentar, e é sempre muito bem vindo na vida de qualquer um :)



É fato que grande parte dos caras gays têm muito mais bom gosto pra roupas e cultura do que muito hetero por aí. E, se ele não for muito afetado, não é difícil uma garota se iludir e começar a vê-lo com outros olhos. Foi o que aconteceu com a pobre menina rica Cher Horowitz (Alicia Silverstone) em As Patricinhas de Beverly Hills. Christian (Justin Walker) era o único cara gato, inteligente e bem vestido da escola. Aí já viu, né. Mas, apesar de não poder tê-lo como namorado, ela o manteve como amigo, que se mostrou a companhia ideal pra fazer compras no shopping. Porque, às vezes, se contentar com o "prêmio de consolação" é o melhor que a gente pode fazer, hahah ;P



Vou ser breve sobre este caso, porque já falei sobre esse filme na semana passada. Mas sério, quem tem um amigo gay como o George (Rupert Everett) de O Casamento do meu Melhor Amigo tá bem de vida, viu. Quem mais largaria uma reunião importante de trabalho pra ir pra outra cidade fingir ser o namorado da amiga que tá querendo fazer ciúmes no amigo que tá noivo de outra pessoa? Hahaha, e ainda por cima levar tudo isso no maior bom humor possível, até cantando no meio de um restaurante! Sério, se você acha que tudo isso é pouco, não perca a cena final. E depois me diz se você também não queria um amigo como ele :)

...

Eu gostaria de terminar este post dedicando-o aos meus dois lindos, incríveis e muito, muito queridos amigos gays, que estão sempre me ajudando com esse blog e me criticando quando não gostam de alguma coisa aqui, haha. Nenhum amigo gay da ficção é melhor do que ter amigos reais como vocês :)

Um comentário:

  1. Amo todos os gays que vc citou!
    Kurt é mara com todo o estilo e voz (e namorado) só que anda mt pop!
    Mas Damian? Da antigas... gay demais da conta!
    Eu conheço a Razão e tb vi pq amo o Paul e a Jen!! So que esperava mais do filme (mt mais) e ele não tem 'final feliz' né?
    E amei Brandon... amo Easy A! E o Stanford o total clichê do gay (epa, ele parece a versao mais velha e acida (em NY) do Kurt - ao contarrio, ja que ele é mais antigo!)

    bjss
    Hey Evellyn!

    ResponderExcluir