terça-feira, 28 de junho de 2011

Melhores Clipes - House Party

.
Bom, todo mundo viu o mais recente clipe da Katy Perry, né? Last Friday Night é, pra mim, um dos melhores clipes dos últimos tempos. Adoro um bom clipe com historinha, com participações especiais, e esse é divertidíssimo, mega colorido e a música é bem grude.


Mas aí também dá uma certa depressão. Porque né, nos Estados Unidos pode até ser que seja uma realidade, mas aqui no Brasil, acreditar que uma festa dessa é super normal de acontecer é uma das grandes ilusões da juventude. Sério, tô errada? Não conheço gente que costuma frequentar house parties em casa de gente cujos pais viajaram (aliás, cê jura que os pais realmente viajm e deixam a casa acreditando que o filho não vai fazer nada? vamos trocar o clichezão, né, gente?), festas que lotam da gente que o próprio anfitrião nunca viu mais gordos, e pior ainda, festas em que o bonitão da galere fica com a menina estranha de aparelho. Não sei com vocês, mas por aqui, never happened.

Li até um post dia desses (no cookies, papel e tinta) falando que as festas que a gente vai às vezes não são o que a gente espera ser. Eu acho que as músicas e os clipes tem uma culpa grande nisso aí. Porque né, se a gente não se iludisse tanto com eles e não criasse tanta expectativa, talvez a gente se surpreendesse.

Daí que eu resolvi achar alguns exemplos de clipes com house parties pra acabar logo com essa ilusão - ou ter ainda mais vontade de ver como é uma dessas de verdade.

Cherish - Do It To It


Festas em que vai mais gente do que o convidado eu já ouvi falar. Mas festas igual a da menina da música, em que a casa dela é invadida por pessoas X, que lotam totalmente o lugar, e o pior: sem nenhum vizinho reclamar, ou alguém passar mal de bêbado, isso, acho muito, muito difícil, haha.

Just Dance - Lady Gaga


As house parties são uma coisa tão icônica que o primeiro single de Lady Gaga, que revelou a cantora, teve, como historinha, uma delas. Mas olha, nesse caso eu nem questiono. Porque né, qualquer festa que tenha Lady Gaga justifica toda a loucura e falta de normalidade possíveis.

Leona Naess - Leave Your Boyfriends Behind


Ah, as festinhas indie. A pessoa se arruma (quer dizer, se arrumar no caso é só passar um lápis e colocar um chapéu pra fazer a alternativa) à luz de velas (!), pega sua bicicleta (!!) e vai pra festa, que toca uma música calminha e todos os seus amigos fazem coro e cantam juntos num momento poético. Sério, gostaria muito de participar desse evento, acho muito legal e muito bonito. Mas também muito irreal.

3OH!3  - House Party


Os caras do 3OH!3 acham tão sensacionais as house parties que ficam repetindo na música coisas como "fuck the clubs" e "fuck the dj's". E várias fotos das tais festas ficam passando no fundo pra a gente ver que é tudo isso mesmo. Mas aí vem uma pessoa e faz um sábio comentário ao vídeo no youtube: "this is a joke, right?". Pois é.

Cyndi Lauper - Girls Just Wanna Have Fun


Essa ganha de todas as outras festas. A limda da Cyndi Lauper, toda trabalhada na popularidade lá nos anos 80, liga pras amigas (todas com penteados incríveis) e chama mais uma galera pra festa - pausa - no quarto dela. E a galera - que misteriosamente cabe dentro do quarto - não para de dançar, joga confete pro alto, se acaba na festcheenha. Quer dizer, quando ela dizia que só queria se divertir, acho que dá pra concluir que Cyndi não estava brincando em serviço, néam.


Então, se você souber de alguma festa assim, que seja um negócio muito bom mesmo, nível Se Beber Não Case de diversão, por favor, me chame, coisas assim estão em falta na minha vida. Se não, desculpa, mas acho que vou continuar trollando, haha ;P

Nenhum comentário:

Postar um comentário