terça-feira, 19 de julho de 2011

O melhores duetos do indie-pop

.
Não, este não é um post perdido do Dia dos Namorados, mas bem que podia ser. Porque, a princípio, poucas coisas na música são tão românticas e tão "own" quanto duetos.

Eu digo a princípio porque, se a gente olhar de perto, às vezes é bem mais do que isso. Semana passada, eu fiquei com uma banda "no repeat" por muito, muito tempo. (Na verdade, foram duas bandas nesa situação, mas a outra eu estou guardando para outro post). Enfim, a banda à qual me refiro é a Cults.


A Cults é formada por esses dois aí em cima: Madeline Follin e Brian Oblivion. Eles eram estudantes da NYU e resolveram criar uma banda no ano passado. O sucesso no mundo indie não demorou a chegar. O single "Go Outside" foi viralizado rapidinho com o clipe estrelando Emma Roberts e o lindo do Dave Franco (inclusive já cheguei a falar sobre esse clipe aqui).



O fato é que as músicas da Cults são todas com esse clima pop divertido, moderninho, alternativozinho, com o diferencial de não ser uma banda de fato ou apenas uma cantora bonitinha, mas de ser uma dupla, um homem e uma mulher cantando juntos.

Na verdade, diferencial nem é a palavra mais apropriada, porque há várias outras duplas no indie-pop que também fazem músicas "easy listening" como as da Cults. Selecionei algumas pra mostrar aqui:

She & Him


Talvez o dueto indie mais conhecido e querido de todos. Também, com Zooey Deschanel nos vocais, tem como ser diferente? Músicas fofas, figurinos fofos, tudo que caracteriza o indie-fofo do qual já cheguei a exemplificar melhor num dos posts do Dia do Rock do ano passado ;)


Música: In the Sun
Ouça também: Sweet Darling, Why Do You Let Me Stay Here?

Slow Club



A Slow Club faz parte daquele grupinho do Sugarpop, e conta com todos os elementos possíveis desse estilo: tudo muito colorido, pessoas alternativas com cortes de cabelo descolados, vozes fininhas e músicas divertidas. E claro, destaque para a duplinha impecável que dá o tom da banda.


Música: Me and You
Ouça também: Summer Shakedown, Giving Up On Love

 The Paper Raincoat


Uma vez li um texto sobre bandinhas alternativas que dizia o seguinte sobre a The Paper Raincoat: "The world might be a little better if everyone heard this record" (O mundo seria um pouco melhor se todo mundo ouvisse essa música), se referindo à Sympathetic Vibrations, que você pode ouvir aqui embaixo. As vozes da dupla Amber Rubarth e Alex Wong são o ingrediente principal que faz com que as músicas tenham um clima doce, suave e muito, muito bom.


Música: Sympathetic Vibrations
Ouça também: Brooklyn Blurs, Rewind

The Moldy Peaches


Essa você já deve conhecer. A dupla de The Moldy Peaches é responsável pela versão original daquela música que Ellen Page e Michael Cera cantam no final do filme Juno. O tom indie/folk continua nas outras músicas deles, e as ótimas letras definitivamente também merecem um reconhecimento deste humilde blog :)


Música: Anyone Else But You
Ouça também: Nothing Came Out, Lucky Number Nine

Jenny & Johnny


Esses dois são namorados, e funcionam muito bem como parceiros musicais também. As músicas calminhas, alegres, são ideais para vários momentos: quando você quer apenas um som ambiente para trabalhar, quando você quer sonhar acordada, quando você está num clima de romance, ou mesmo pra quando tudo que você quer é ouvir boa música e esquecer da vida.


Música: Switchblade
Ouça também: Big Wave, My Pet Snakes


Depois dessa overdose de indie pop, estou pensando em fazer um post com alguns dos melhores e mais bonitos duetos do pop e/ou rock. Síndrome de romantismo crônica, quem curte? ;P

Um comentário:

  1. Ainnn, senti falta daquele da Ellen Page com o Michael Cera em Juno. :)

    ResponderExcluir