domingo, 11 de março de 2012

Covers by rockers

.
Semana passada, tivemos o prazer de presenciar o que eu chamaria de o melhor cover dos últimos tempos: Bruce Springsteen, esse galã sexagenário, investiu no bom humor e cantou, ao lado de um Jimmy Fallon fantasiado de Neil Young, o hit do momento: I'm Sexy and I Know It, do LMFAO. Só que cantou de um jeito tão, tão diferente (e melhor) que dá até pra pensar que, além de uma ótima frase (porque pra mim isso ainda tem que comer muito arroz e feijão pra ser considerado um bom refrão), isso aí é uma ótima música.

Eu acho que esse caso super entra no assunto de um post que já fiz aqui, sobre músicas ruins com covers ótimos, haha. Mas também acho que entra num outro "fenômeno" que já tenho observado há um tempinho: rockstars, quando resolvem fazer covers, simplesmente humilham, e o resultado por vezes e melhor que o original.

Juntei alguns exemplos aqui pra justificar minha teoria. Olha só, que covers mais incríveis:

Dave Grohl
O atual Deus do Rock, na minha humilde opinião, também é o Deus dos Covers, hahaha. O lindo só precisa de uma guitarra ou um violão pra improvisar qualquer coisa, de Led Zeppelin a Creed. Pra mim, seus covers mais brilhantes são de músicas do Elton John e de Paul McCartney. Como fã do filme Quase Famosos (tem como não amar esse homem, me diz?), Dave já fez um cover de Tiny Dancer, trilha do filme. E como amigo do meu beatle mais querido, Dave já homenageou Paul cantando Band on the Run e a linda Maybe I'm Amazed.


Eddie Vedder
Apesar de amar Dave Grohl mais do que qualquer outro, eu acho que Eddie Vedder é a melhor, mais potente e mais encantadora voz do rock. E, lá pelo fim dos anos 1990, ele resolveu colocá-la pra cantar músicas mais antigas, que obviamente fizeram muito, muito mais sucesso do que suas versões originais - é o caso de Last Kiss e Soldier of Love. Para nos matar mais um pouquinho de bom gosto, Eddie também tem em seu catálogo de covers You've Got to Hide Your Love Away, dos Beatles, e The Times They Are A-Changing, de Bob Dylan.


Cat Power
Não, eu não acho que Cat Power possa ser considerada uma rockstar, mas seus covers são tão lindos, tão lindos, que eu não tinha como deixar de fora. Sua versão, mais lenta e melancólica de Wonderwall, pra mim já é quase tão clássica quanto a original. E sua versão de Sea of Love (música de Phil Phillips, de 1959), tem um climão super triste, mas é tão absurdamente boa, tão linda, que dá vontade de ouvir até quando vc esta em estado de euforia.


Outros covers lindos
Tem uns covers tão bons que às vezes os próprios artistas coverizados elogiam a versão feita por outra pessoa. É o caso do Paramore, que recebeu um elogio do Foo Fighter pelo cover de My Hero. Também é o caso da versão de Smells Like Teen Spirit por ninguém menos que Patti Smith. E se você gosta de The Smiths, não perca as versões de There's A Light That Never Goes Out (meio acústica, por Noel Gallagher) e de Please Please Please Let Me Get What I Want (mais rockinho, feita pelo Muse).

Coloquei todos esses e mais alguns covers nessa playlist aqui embaixo. Pode dar replay quantas vezes quiser, e acredite, se você gosta de boa música e bons artistas, você vai querer ;)


Nenhum comentário:

Postar um comentário