terça-feira, 7 de agosto de 2012

Lições de vida com...Penny Lane

.
A pessoa tinha largado o blog e agora volta cheia de posts levemente sem noção tipo esse aqui. Mas pensa, de vez em quando a gente tá assistindo um filme ou série e se depara com um personagem com filosofias de vida geniais, não é?

Então, com o intuito de dar um pouco mais de longevidade às quotes e/ou atitudes inteligentes e divertidas que a gente vê em algumas produções, tô começando essa série de posts com lições de vida de algum personagem da cultura pop.

E não tinha maneira melhor de começar do que falar sobre essa linda que é a Penny Lane (Kate Hudson) de Quase Famosos. Sem mais delongas, vamos a essa bela aula do que Penny Lane pode nós ensinar:


1- "I always tell the girls, never take it seriously. If you never take it seriously, you never get hurt, if you never get hurt, you always have fun. And if you ever get lonely, you just go to the record store and visit your friends".

Traduzindo: "Eu sempre digo para as garotas, nunca leve a sério, Se você nunca leva a sério, você nunca se machuca, se você nunca se machuca, você sempre se diverte. E se você se sentir sozinha, é só ir à loja de discos visitar seus amigos". Adaptar essa máxima incrível na vida não é difícil, e pode ser o melhor a fazer em muitos momentos.

2- "He's my last project. Everyone is good, but he could be great".

Penny tem uma coisa que é muito legal: ela sabe enxergar o outro. Sabe reconhecer que ele tem talento, tem uma personalidade diferente, tem um brilho especial que nem todo mundo tem. Tudo bem que ela faz isso com o cara que ela tá a fim né, e a gente tende a idealizar mais as pessoas que a gente gosta. Mas ela também sabe reconhecer talento e um coração enorme no William também. Ou seja, Penny é linda e carismática, e podia ser mais uma groupie vazia que só olha pro próprio umbigo, mas não é. E só por isso já serve de inspiração pra todo mundo.


3- "Famous people are just more interesting"

Não que eu concorde 100% com essa frase, mas às vezes é a mais pura verdade. É a minha resposta padrão quando me perguntam por que eu gosto de trabalhar com entretenimento ou por que eu fico escrevendo essas baboseiras nesse blog em vez de fazer alguma coisa mais séria. ;P


4- Se as coisas estiverem dando errado e a vida estiver um caos, larga tudo e vai dançar um pouquinho.

Quando a banda tá meio em crise, sem saber qual rumo tomar, meio em dúvida se as novas ideias do novo empresário são o melhor a fazer mesmo, Penny Lane se afasta desse climão pra ir dançar, sozinha. A cena é uma das mais lindas de todos os tempos. E prova que dançar um pouquinho pode não acabar com os problemas, mas te deixa num estado de espírito muito melhor para encará-los depois.


5- Não adianta tentar se proteger demais, no fundo todo mundo é vulnerável.

Penny sempre tentou ensinar para as outras groupies (ou melhor, as outras "band-aids") para não se deixarem levar pelos caras das bandas, não se apaixonarem, não deixarem que eles as usassem. Mas no final, tudo isso acabou acontecendo com ela mesma. O que não é motivo pra coitada ser julgada, mas fica a dica de que toda proteção para o seu coração tem os dias contados. E todo mundo tem teto de vidro.



6- Sempre dá para encarar as situações chatas com um pouco de bom humor.

[SPOILER] Quando William conta para Penny que Russel a trocou por uma caixa de cerveja, ela abaixa a cabeça, deixa escapar uma lágrima, volta o rosto pra ele e responde: que tipo de cerveja? Não quer dizer que a tristeza vai passar com esse lampejo de bom humor. Mas sabe aquela máxima de  não é o que você vive, mas o modo como você vive? Então.


7- Lição final: viver ao máximo e deixar o seu melhor nas pessoas

Porque enquanto eu penso na personagem pra escrever esse post, a definição mais certeira que eu penso pra ela é "free spirit". É aquele negócio do "it's all hapening", é alguém que tá mais a fim de curtir a vida do que ficar se preocupando com tudo, que quer mais é viver o sonho louco de morar no Marrocoss e dane-se a opinião alheia. E alguém que, apesar de não conseguir tudo exatamente do jeitinho que queria, conseguiu passar para as pessoas o que ela tinha de melhor, e assim fazer daqueles que a cercam um pouquinho melhores também. Tem coisa mais incrível que isso? ;]


2 comentários:

  1. Penny Lane é diva! E o melhor: é uma diva totalmente acessível, porque ela tem esses conselhos todos, mas acaba fazendo tudo meio torto e sofrendo também.
    Lindo post!

    ResponderExcluir
  2. Ιt's actually a great and useful piece of info. I am happy that you shared this useful info with us. Please stay us informed like this. Thanks for sharing.

    my webpage: local garden centers

    ResponderExcluir